Negociação prejudicada pela descoberta de Gratificação Extraordinária

Nesta terça, 27 , foi realizada a primeira reunião que  trata de questões relacionadas ao Acordo Coletivo de Trabalho 2010. A FUP voltou a cobrar as pendências do acordo passado e ressaltou a importância da criação do fundo garantidor de verbas rescisórias para os empregados terceirizados.

Infelizmente, toda a discussão foi prejudicada por uma denuncia que chegou ao conhecimento da Federação. Segundo confirmado em mesa, pelo próprio Gerente de RH, Diego Hernandes, a Petrobrás pagou a 9.500 gerentes uma gratificação extraordinária no valor de 60% de uma remuneração.

Esta decisão foi duramente criticada pelo Coordenador da FUP, João Antônio de Moraes. Lamentamos profundamente que no fim do governo Lula, a Diretoria da Empresa tenha resgatado essa prática nefasta, combatida duramente e que julgávamos ter eliminado nos últimos anos.

A reunião foi interrompida para que a Federação reavaliasse sua posição diante desses novos fatos.

Aguarde os próximos capítulos…

0 Responses to “Negociação prejudicada pela descoberta de Gratificação Extraordinária”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





 

Este é um espaço reservado para denúncias de práticas antissindicais, assédios e ataques a direitos.

JP no Twitter

Estatísticas

  • 142,561 hits

%d blogueiros gostam disto: