Nova Proposta

Reajuste e ganho real

A Petrobrás mantém o IPCA (4,49%) como índice de reposição da tabela salarial e eleva de 6,4% para 9,36% a proposta de aumento sobre a RMNR, o que representa um ganho real entre 3,71% e 4,87%.

Programa Jovem Universitário

A Petrobrás propõe alterações nas tabelas do benefício, cujo maior valor regional passa de R$ 540,00 para R$ 750,00 e o reembolso, de 30% para 60%.

Gratificação extraordinária

A Petrobrás propõe aumentar para 100% de uma remuneração ou R$ 6.000,00, o que for maior.  A proposta anterior era de 80% sobre uma remuneração e não incluía o piso.

Trabalhadores terceirizados

Em relação ao mecanismo de proteção dos direitos trabalhistas e das verbas rescisórias dos trabalhadores terceirizados, a proposta da Petrobrás é de excluir de suas licitações as empresas que comprovadamente tenham praticado calotes contra os trabalhadores, estendendo a sanção também para os seus sócios. A íntegra da proposta é: “A Companhia compromete-se a considerar como falta grave em seu sistema de conseqüências, constante no Manual de Procedimentos Contratuais, o não pagamento, comprovado, por parte das empresas contratadas, de verbas rescisórias aos empregados alocados nos contratos de prestação de serviços celebrados com a Companhia, podendo acarretar suspensão do cadastro e impedimentos de transacionar com a Petrobras, estendendo as sanções aos sócios dentro dos limites legais”.

Incidência do Complemento da RMNR no Plano Petros

Em relação à cobrança da FUP de que haja recolhimento do complemento da RMNR para todos os participantes do Plano Petros (tenham eles repactuado ou não), a Petrobrás propõe orientar a Petros a rever o cálculo do BPO para os trabalhadores que aderirem, caso haja condenação , transitada em julgado, reconhecendo o complemento da RMNR como integrante do salário de participação no Plano Petros.

Responsabilidade social e SMS

A nova proposta da Petrobrás faz também referência à realização de um fórum para discussão de sua política de responsabilidade social, com participação dos gestores da empresa e representantes da FUP e de seus sindicatos. A Petrobrás também mantém a proposta de realizar um fórum, nos mesmos moldes, para discutir a política e as diretrizes de SMS da empresa.

Dia parado na mobilização de 03 de setembro

A FUP cobrou que não haja desconto em relação à paralisação nacional realizada no último dia 03. A proposta da Petrobrás é de garantir que não haja reflexos no desconto do dia parado ou compensação, conforme opção do trabalhador.

Hospedagem para trabalhadores do E&P em treinamento

A Petrobrás propõe pagar a hospedagem dos trabalhadores do E&P em regime especial de trabalho nas plataformas durante os treinamentos realizados fora de seus domicílios.

Autoritarismo das gerências na Bacia de Campos

FUP criticou os ataques das gerências da Petrobrás contra os dirigentes sindicais do Norte Fluminense, que foram impedidos de acessar o saguão do aeroporto de Macaé para conversar com os trabalhadores, durante os embarques e desembarques para as plataformas. A Federação também voltou a cobrar o embarque de representantes sindicais para acompanhar as reuniões das CIPAs nas plataformas, o que não tem ocorrido, configurando-se em descumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho. A FUP reiterou que essas atitudes da empresa, além de truculentas e arbitrárias, são um ataque frontal à liberdade de organização sindical da categoria. A Gerência de RH da Petrobrás propôs agendar uma reunião com a gerência da Bacia de Campos para discutir um calendário de visitas dos representantes sindicais às plataformas, mas continua insistindo que o acompanhamento das reuniões das CIPAs ocorra através de vídeo conferência, ou seja, remotamente.

Subsidiárias

As gerências da TBG, das termoelétricas e da Petrobrás Transporte ressaltaram que acompanharão a proposta apresentada pela Petrobrás à FUP nesta quarta-feira, 15.

Conselho Deliberativo

A direção colegiada da FUP se reúne nesta quinta-feira, 16 para discutir a proposta apresentada pela Petrobrás e a convocação do Conselho Deliberativo para avaliação da proposta e discussão dos próximos passos da campanha salarial.

1 Response to “Nova Proposta”


  1. 1 Vinícius Camargo setembro 16, 2010 às 7:30 pm

    1-Criação de Patrimônio aos Acionistas (Governo e Acionistas) em 1350% – 2002 a 2009;

    2-Lucros que têm ultrapassado os 25 Bilhões (25.000 Milhões – 25.000 prêmios da Mega-sena de 1Milhão cada);

    3-Contribuição ao País em Impostos, Contribuições e Participações, de 2003 a 03/2009, passa dos 425 Bilhões de reais em IMPOSTOS, CONTRIBUIÇÕES E PARTICIPAÇÕES (425.000 Milhões – 425.000 prêmios da Mega-sena de 1 Milhão cada);

    4-Criação de 1.000.000 (1 Milhão) e 44.000 (44 Mil) empregos – (267.000 postos diretos, 389.000 postos indiretos e 388.000 postos indiretos de efeito renda);

    5-Descoberta do Pré-Sal que significará um novo patamar de repasse, da ordem de 1 Milão (1.000.000) e 300 Mil prêmios da Mega-Sena (1 Milhão cada), ao Governo, nos próximos 8 ou 10 anos.

    http://petroleiro2020.files.wordpress.com/2010/08/criacao-dos-trabalhadores6.ppt

    É . . . os Petroleiros têm trabalhado bem e muito têm contribuído para um Brasil muito melhor.

    Um Aumento de até 4,87% é uma retribuição justa/proporcional para tudo o que tem sido realizado?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





 

Este é um espaço reservado para denúncias de práticas antissindicais, assédios e ataques a direitos.

JP no Twitter

Estatísticas

  • 142,711 hits

%d blogueiros gostam disto: