Sindicatos e FUP indicam aprovação

Após um longo debate entre os representantes dos sindicatos presentes no conselho deliberativo, a FUP encaminha indicativo de aceitação para a última proposta pela Petrobrás.

Destacamos alguns pontos importantes:

Programa Jovem Universitário: Após muitos anos de recusa por parte da empresa, esse importante pleito da categoria foi conquistado em 2009. Este ano dobramos o percentual bem como aumentamos de R$540 para R$750 no maior valor da tabela. Sabemos que ainda há espaço para avanço, como o aumento da lista de cursos contemplados e principalmente a extensão do benefício ao empregados próprios. Esta é uma luta contínua que certamente estará presente na próxima negociação de ACT.

Ganho real é o maior da história dessa categoria: A nova proposta arrancada da Petrobrás eleva para 9,36% o reajuste sobre a RMNR, o que representa um ganho real entre 3,6% e 4,7%. É o maior reajuste salarial já conquistado pelos petroleiros! Um ganho real acima da média da maioria das categorias.

Gratificação com piso: A gratificação extraordinária de 80% sobre uma remuneração proposta anteriormente pela Petrobrás passa a ser integral, 100% de uma remuneração, garantindo um piso de R$6.000,00, que beneficiará diretamente 15 mil trabalhadores, principalmente os companheiros que trabalham em horário administrativo.

Hospedagem para treinamento no E&P: A nova proposta conquistada pela categoria também garantiu que a Petrobrás passe a pagar a hospedagem dos trabalhadores de plataformas quando estiverem em treinamento fora de seus domicílios.
Proteção dos direitos dos terceirizados: A luta incessante da FUP por condições seguras e decentes de trabalho para os terceirizados tem arrancado avanços importantes nas negociações coletivas com a Petrobrás. Seja nos fóruns de negociação com a empresa, nas plenárias e congressos da categoria ou nas mobilizações, a agenda de luta e a pauta de reivindicações dos trabalhadores terceirizados estão sempre presentes. Não foi diferente nesta campanha salarial, cujo um dos principais motes de luta foi a busca por um mecanismo contratual de proteção dos direitos dos companheiros terceirizados. As mobilizações da categoria aliadas à pressão da FUP na mesa de negociação fizeram a Petrobrás pela primeira vez reconhecer que sua política de contratação precisa ser revista e aprimorada. Após seguidos embates com a empresa no processo de negociação, a FUP garantiu um primeiro passo importante no sentido de impedir os calotes das empresas contratadas e proteger os direitos trabalhistas dos companheiros terceirizados. A nova proposta arrancada garantiu que a Petrobrás exclua do seu processo de licitação as empresas que tenham praticado calotes contra os trabalhadores, estendendo a sanção também para os sócios.
Responsabilidade social e SMS: A categoria conquistou nesta campanha salarial dois avanços importantes que extrapolam as reivindicações econômicas. A Petrobrás concordou em realizar um grande debate entre os seus gestores e as representações sindicais sobre responsabilidade social e as práticas e política da empresa relacionados ao SMS. Estes dois fóruns serão também um espaço fundamental para buscar avanços em relação à proteção dos direitos dos
trabalhadores terceirizados, uma luta que continuará pautando a FUP e seus sindicatos em todos os debates e negociações com a Petrobrás e empresas do setor privado.
Anúncios

4 Responses to “Sindicatos e FUP indicam aprovação”


  1. 1 Roberto Souza setembro 18, 2010 às 10:29 pm

    Hum?! Sei, ganho real, piso,… Camaradas da FUP, o que é isso?
    Sempre a lenga-lenga de sempre, fica para próximo ACT. Lutar pela categoria que bom, nada! Sempre fui simpatizantes de vocês, mas agora foi extrapolação. Esperava algo mais, uma atitude mais firme. Esse ano era o nosso ano. Ano em que a nossa companheira Dilma vai ganhar para presidente, ano em que existia uma esperança em que pelo menos, toda força de trabalho fosse reconhecida, principalmente pela defasagem do sálario. Que decepção.

  2. 2 editor master setembro 18, 2010 às 9:46 pm

    e sempre o mesmo jogo.
    na 2a proposta ela é aceita.
    poderiam esperar uma 3a.
    e o que a FNP vai fazer se a maioria aceitar?
    ir a reboque da FUP.
    FNP, creio, indicou rejeição.
    Quem sabe o jogo mude !!!
    Vamos torcer por algo melhor !!!
    Abs
    Jose P Fonseca.

  3. 4 Beto setembro 18, 2010 às 9:19 pm

    mais uma vez a FUP faz o jogo sujo do patrão!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





 

Este é um espaço reservado para denúncias de práticas antissindicais, assédios e ataques a direitos.

JP no Twitter

Estatísticas

  • 145,843 hits

%d blogueiros gostam disto: