Em Pernambuco, jovens trocam experiências de lutas e conquistas em Oficinão das Juventudes

Cerca de 100 jovens entre 16 e 29 anos de municípios da Região Metropolitana de Recife (PE), no Nordeste do Brasil, se encontrarão neste sábado (5) no 5° Oficinão das Juventudes. A atividade, organizada pelo Programa Educação para Cidadania do Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (Gajop), ocorrerá das 9h às 17h no Espaço Ciência – Memorial Arcoverde, em Olinda.

De acordo com Juliana Carvalho, supervisora de atividades do Programa Educação para Cidadania, os/as participantes são lideranças de diversos grupos de bairros e de comunidades de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Paulista. “O grande objetivo desse encontro é fazer com que a juventude possa trocar experiências, bandeiras de lutas, sonhos e desejos”, afirma.

Interação que se dará através de oficinas, diálogos e momentos de reflexão. Uma das atividades programadas para ocorrer amanhã é o “Desenho do Bairro”, em que os/as participantes se dividirão em grupos para refletir e socializar as demandas específicas de cada comunidade.

Na ocasião, os/as jovens também discutirão sobre juventude, assim como aspectos relacionados à mobilização e demandas juvenis, e estratégias de articulação e ampliação de redes. A programação do encontro ainda prevê a realização de oficinas de break, grafite e teatro.

Para Juliana, o Oficinão será um momento tanto para integrar os/as jovens quanto para fortalecer as organizações juvenis das comunidades da Região Metropolitana de Recife. “A gente sente que aqui o cenário está esfriado em relação aos movimentos juvenis. O que a gente quer é dar uma balançada, uma sacudida”, comenta, ressaltando que a intenção principal é fortalecer as lutas dos/as jovens da região.

Para isso, a integrante do Gajop explica que o encontro ainda debaterá sobre questões que deverão ser trabalhadas ao longo do ano a fim de que os/as jovens possam “incidir politicamente nas comunidades”. Segundo ela, discussões como eleições municipais, Conselho de Segurança Pública, violações de direitos, nova gestão do Conselho Municipal de Juventude de Recife, entre outros assuntos, deverão ser abordados.

Na opinião de Juliana, é importante que os/as jovens estejam atentos/as às discussões e ações das comunidades para que eles/as possam se apropriar do discurso e se perceberem como parte e responsáveis pela realidade. “É importante que os jovens se percebam como responsáveis para que a participação e a crítica gerem uma incidência […] e que eles possam se fortalecer e pensar em um futuro diferente, em um futuro melhor”, comenta.

Para saber mais sobre o trabalho de Gajop, acesse: http://www.gajop.org.br/

Fonte: Adital Jovem

0 Responses to “Em Pernambuco, jovens trocam experiências de lutas e conquistas em Oficinão das Juventudes”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





 

Este é um espaço reservado para denúncias de práticas antissindicais, assédios e ataques a direitos.

JP no Twitter

Estatísticas

  • 140,306 hits

%d blogueiros gostam disto: