Povo brasileiro se solidariza com Cuba em Convenção na Bahia

A partir desta quinta-feira (24) começa a 20ª Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba em Salvador, Bahia. O evento é uma demonstração da “solidariedade de todos os brasileiros em todas as suas representações e lideranças” com o povo cubano, que sofre há mais de 50 anos com o bloqueio econômico que os EUA impõem à ilha e com o impedimento de o país participar da Organização dos Estados Americanos (OEA), como esclarece a presidenta do Cebrapaz, Socorro Gomes, em entrevista ao Vermelho.

O Centro Brasileiro de Solidariedade e Luta pela Paz, Cebrapaz, é uma das entidades que estão organizando o evento este ano. Socorro ressalta que essa é mais uma das várias convenções que já foram realizadas, “inclusive a Associação José Martí já organizou diversas, sempre com muito êxito”.

Questionada sobre o resultado desses eventos, a presidenta esclareceu que, “a solidariedade com o país tem avançado em todos os países do mundo e no Brasil isso tem sido ampliado, tanto pelo respeito às determinações da Assembleia Geral da ONU [que por mais de 20 vezes condenou o bloqueio dos EUA à ilha], quanto pelo papel que Cuba joga na questão dos direitos humanos”.

E esclarece que, “perante a ONU, cada país é soberano para escolher seu caminho e Cuba escolheu o progresso e justiça social”. Além disso, “desde sua revolução em 1959, sempre foi solidária com todos os povos do mundo. (…) Quando nosso continente foi infestado por ditaduras fascistas coordenadas pelos Estados Unidos, que assassinaram e torturaram nosso povo, Cuba abriu suas portas para abrigar nossos militantes”. Por isso, a “solidariedade com Cuba deve ser permanente”.

Bloqueio e Cinco Patriotas

Duas bandeiras do movimento de solidariedade são a questão do bloqueio econômico imposto à ilha e a prisão, ilegal, de cinco cubanos, nos Estados Unidos, que combatiam ações terroristas feitas contra a ilha a partir do vizinho do norte.

O bloqueio contra a ilha é criminoso, uma atitude “unilateral que busca esmagar o processo revolucionário de Cuba. (…) É um ato de guerra não declarada dos EUA contra Cuba, que tem efeitos nefastos. Até 2010, o prejuízo da ilha estava em torno de 105 bilhões de dólares”, justifica Socorro.

Quanto à questão dos cubanos presos nos EUA, a mobilização para a liberação deles, que são considerados heróis no país caribenho, já é uma campanha internacional dado que a “prisão foi injusta, ilegal e ilegítima”. A ativista social conta que um dos pontos altos da conferência será a participação de familiares dos Cinco – como são conhecidos internacionalmente –, que contarão a verdade sobre o que aconteceu com os militantes, além de relatar quais são as condições das prisões deles e intensificar a campanha pela libertação.

Integração latino-americana

A maneira como a ilha caribenha conduziu seu processo revolucionário e resiste desde 1959 a todas as investidas do império estadunidense, é um modelo para as investidas integracionistas no continente. “Enquanto os EUA mandam aviões não tripulados para matar civis, têm prisões secretas e a Escola das Américas, Cuba exporta médicos e educadores para o mundo inteiro. Isso é uma referência para a integração sob novos paradigmas”.

Com a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), o continente busca uma integração não só econômica, mas também cultural, política e social. “Esse novo momento de integração tem a ver com a experiência solidária de Cuba e seu desenvolvimento”. Um projeto diferente do pan-americanismo dos EUA, que, como ficou claro com a abortada proposta da Aliança de Livre Comércio das Américas (Alca), tinha como objetivo “o controle da região, o saque dos recursos naturais”, evidenciou a também presidente do Conselho Mundial da Paz (CMP).

Serviço
Inscrições no site do evento
Data: de 24 a 27 de maio

Programação
Credenciamento e entrega do Kit da 20ª Convenção
Horário: 9h às 12h e 14h às 19h
Local: Centro de Convenções da Bahia
Observação: A inscrição dos delegados deverá ser feita via internet, até o dia 20/05/2012, pelo blog do evento

Dia 24
Abertura da 20ª Convenção Nacional De Solidariedade a Cuba
Horário: 19h
Local: Teatro Iemanjá do Centro de Convenções da Bahia.

Ato Político e Cultural
Apresentação do Ballet RoSana Abubakir, Carlos Pitta, Sapiranga e Grupo Musical Cubano.
Homenagem do Prof. Gildeci Leite, diretor da Uneb Campus Seabra, ao escritor Jorge Amado seu centenário de nascimento
Presença do Poeta e Escritor Thiago de Mello

Dia 25
Painel: A integração latino-americana e caribenha, a amizade entre esses povos e sua importância para o desenvolvimento econômico e o avanço da revolução socialista em cuba
Horário: 8h às 9h30
Local: Centro de Convenções da Bahia
Painelistas: Carlos Zamora Rodríguez – embaixador da República de Cuba no Brasil., Maximilien Sánchez Arveláiz – embaixador da República Bolivariana no Brasil e a senadora Lídice da Mata – vice-presidente do Grupo Parlamentargru Brasil/Cuba.

Café com prosa (com apresentações culturais)
Horário: 9h30 às 10h
Local: Centro de Convenções Hall D

Conferência: o socialismo em cuba um ano após as diretrizes do 6º Congresso do Partido Comunista de Cuba
Horário: 10h às 12h
Local: Centro de Convenções da Bahia
Conferencista: Dra. Lidia Esther Cabrera – vice-presidente da Associação Nacional de Economistas de Cuba

Painel: A situação dos cinco heróis e a libertação condicional de René González
Horário: 14h às 15h30
Local: Centro de Convenções da Bahia
Painelistas: Elizabeth Palmeiro – esposa de Ramón Labanino, herói de República de Cuba, injustamente prisioneiro nos Estados Unidos, Dra. Mara Loguércio – Jurista e presidente do Instituto Opiniun Iuris e o poeta e escritor Thiago de Mello.

Painel: O sistema de saúde em cuba e a saúde pública no Brasil
Horário: 14h às 15h30
Local: ISC – Instituto de Saúde Coletiva – Universidade Federal da Bahia
Painelista: Dr. Algel Mauro Alfonso Fernández – 1º Secretario da embaixada da República de Cuba no Brasil, Jorge Solla – Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Lígia Maria Vieira da Silva – Professora do curso de Pós-graduação do Instituto de Saúde Coletiva- ISC – UfBA e Bolsista em Produtividade em Pesquisa do CNPq

Café com prosa (com apresentações culturais)
Horário: 15h30 às 16h
Local: Centro de Convenções Hall D

Painel: A campanha midiática internacional contra Cuba
Horário: 16h às 17h30
Local: Centro de Convenções da Bahia.
Painelistas: Rafael Hidalgo – conselheiro político da Embaixada da República de Cuba no Brasil, Carlos Alberto Almeida – jornalista, José Reinaldo Carvalho – jornalista, Muniz Ferreira – historiador e Rosani Bertolli – representante do Fórum Nacional pela democratização da comunicação.

Painel: Aspectos culturais das religiões de origem africana em Cuba e Brasil, a questão racial e o intercâmbio entre o candomblé e a santeria cubana
Horário: 16h às 17h30
Local: Centro de Convenções da Bahia.
Painelistas: José Ramón Borges Soto – presidente da Associação Nacional Yorubá da província de Cienfuegos, Prof. Jaime Sodré -Ufba/Uneb e Professora Vanda Machado – Ufba/Uneb, representando Mãe Estela de Oxossi.

Dia 26
Trabalhos de grupos
Horário: 8h às 11h
Local: Centro de Convenções da Bahia
Grupo 1: Instrumentos e formas de luta pela libertação dos cinco heróis
Coordenador (a) – ACJM-RS
Relator(a) – Cebrapaz-PR
Representante de Cuba: Elizabeth Palmeiro, esposa de Ramón Labanino, herói de República de Cuba , injustamente prisioneiro nos Estados Unidos

Grupo 2: Instrumentos e formas de luta contra o bloqueio econômico e financeiro a Cuba
Coordenador (a) – ACJM – PR
Relator (a) – ACJM – RJ
Representante de Cuba: Lázaro Méndez Cabrera, embaixador, cônsul geral de Cuba no Brasil.

Grupo 3: Instrumentos e formas de combate à campanha midiática internacional contra Cuba
Coordenador – casa Gregório Bezerra
Relator (a) – ACJM RS
Representante de Cuba: Rafael Hidalgo, conselheiro político da Embaixada de Cuba no Brasil

Grupo 4: Solidariedade com Cuba – incluso as brigadas de solidariedade a Cuba e a legalização de diplomas dos formados na ELAM
Coordenador (a) Jornal Inverta
Relator(a) ACJM-MG
Representante de Cuba: Kenia Serrano Puig, presidente do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos e membro da Associação de Médicos Brasileiros Graduados em Cuba

Café com prosa (com apresentações culturais)
Horário: 11h às 11h30
Local: Centro de Convenções Hall D

Elaboração dos relatórios dos grupos
Horário: 11h30 às 12h30
Local: Centro de Convenções da Bahia

Reunião da representação das entidades de solidariedade a cuba com a embaixada/ICAP
Horario: 14h às 16h
Local: Centro de Convenções da Bahia

Café com prosa (com apresentações culturais)
Horário: 16h às 16h30
Local: Centro de Convenções Hall D
Plenária Final: Leitura e aprovação dos relatórios e aprovação da carta de Salvador
Horário: 16h30 às 18h
Local: Centro de Convenções da Bahia

Show no pelourinho
Horário: à partir das 20h
Local: Praça Tereza Batista
Bandas: Os Guará do Nordeste (Forró) e um Grupo musical cubano.

Dia 27
Caminhada na praia pela libertação dos 5 heróis
Horário: 9h às 12h
Local: Praia do Cristo até a Praia do Porto da Barra.
Observação: Distribuição de material sobre os 5 heróis cubanos e a luta pela sua libertação.

Almoço
Horário: 13h às 14h
Local: a critério de cada delegado

Retorno das delegações aos seus estados

Mostra de cinema cubano
Data: 21 a 24 de maio
Local: Saladearte Cinema da UFBA
Endereço: Av. Reitor Miguel Calmon, s/n. Vale do Canela.
Referência: Ao lado das Faculdades de Educação e Administração – PAC (Pavilhão de Aulas do Canela).

1) “Yo soy del son a la salsa” .(1996)
Diretor: Rigoberto López.

2)” El mensajero de los dioses” (1989)
Diretor: Rigoberto López

3) “Viva Cuba” (2005)
Diretor: Juan Carlos Cremata

4)”Kangamba” (2008)
Diretor: Rogelio Paris

Exposições
Exposição – Um Abraço Universal – Cores e Gestos homenageiam o gigante americano: Fidel Castro do artista plástico pernambucano, Helder Beserra
Data: 24 a 26 de maio
Local: Centro de Convenções da Bahia – Hall D

Exposição Fotográfica – Cuba dos Cubanos de Álvaro Vilella
Data: 24 a 26 de maio
Local: Centro de Convenções da Bahia – Hall D

Exposição OGBON ÍDAPÓ: Arte Sagrada, de Adrianinho Azevedo. Esculturas com simbologia sagrada (Orixás), em talisca de coqueiro.
Data: 24 a 26 de maio
Local: Centro de Convenções da Bahia – Hall D

Fonte: Vermelho

0 Responses to “Povo brasileiro se solidariza com Cuba em Convenção na Bahia”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





 

Este é um espaço reservado para denúncias de práticas antissindicais, assédios e ataques a direitos.

JP no Twitter

Estatísticas

  • 140,306 hits

%d blogueiros gostam disto: